ME DÊ APENAS ALGUNS MINUTOS DE LEITURA E EU FAREI VOCÊ SER APROVADO EM 2019

Na minha época como concurseiro, chegou um momento, depois de várias reprovações, resolvi utilizar um método próprio, que já nos primeiros concursos resultou na minha primeira aprovação.

Mesmo concursado, não me acomodei, continuei aplicando a mesma metodologia e logrei aprovação no Tribunal de Justiça do Amazonas, para o cargo de analista e logo depois para Delegado de Polícia Civil do Amazonas.

Bom, para explicar esta metodologia, tenho este diálogo como divisor de águas, pois foi com ele que tudo mudou na minha vida de concurseiro:

Alice: Você poderia me dizer, por favor, qual o caminho devo seguir?

Gato que sorri: Depende muito de onde você que chegar.

Alice: Não me importa muito onde…

Gato que sorri: Nesse caso, não faz diferença alguma qual caminho seguir.

No meu caso, descobri o que daria sentido para minha vida: Ser Delegado de Polícia.

Quando você descobre sua motivação tudo fica mais fácil, não é a toa, que mesmo sendo nomeado e começar a trabalhar em orgãos incríveis como TRT e TJ/AM, continuei estudando, pois o ponto final ainda não tinha sido alcançado.

  • Qual seu ponto final nos concursos públicos?
  • Qual o orgão você deseja trabalhar todos os dias com um prazer incrível?

Hoje como professor há mais de 10 anos, encontro muitos concurseiros neste mundo dos concursos públicos sem saber responder as perguntas acima, geralmente respondem: Qualquer um com bom salário.

Procure as respostas para as perguntas acima que você encontrará a força que tanto procura.

Outro problema é a falta de metodologia de estudos, apenas estudam por estudar.

Quero propor com este meu método que você alcance o chamado alto-desempenho (Concurseiros que alcançam o número de vagas de um edital).

No estudo para concursos você deve ter evolução e principalmente visualizar constantemente seu progresso, se você não faz isso você está perdendo tempo, pois não chegará nem perto dos primeiros lugares.

Então você decide:

  • Opção 1: Continuar o mesmo.
  • Opção 2: Mudar a forma de estudar para um método testado e comprovado por mim e por vários de meus ex-alunos, pois hoje todos são concursados.

Caso tenha escolhido a opção 2, você precisa saber diferenciar OBJETIVOS e METAS.

Diferença entre Objetivos e Metas

Objetivos: são seu alvo, algo mais amplo, aberto, sendo seu ponto final para aquilo que você tanto deseja conquistar. Tal objetivo deve ser delimitado de acordo com a sua motivação (falaremos sobre isso em outra postagem). Exemplos de Objetivos (Escolha um e viva com ele):

  • Concurso de Carreira Policial
  • Concurso de Carreira Tribunais
  • Concurso de Carreira Ministérios Públicos
  • Concurso de Carreira da Saúde
  • Concurso de Carreira Fiscal
  • Concurso de Carreira Ministérios, Secretarias Estaduais e Municipais e demais orgãos.
  • Concursos de Carreira Militar

Concurseiro que não define seu objetivo nesta vida de concursos, eu chamo de “concurseiro kamikase”, pois atira para todos os lados. Geralmentr este tipo de concurseiro demora um tempo considerável para alcançar a aprovação, mas a maioria desiste no meio do caminho.

Já aquele que definiu seu grande objetivo, costumo chamar de “concurseiro sniper”, pois vai dar tiros certeiros e geralmente alcançam a aprovação de forma mais rápida. Conheço vários alunos com este perfil, são pessoas altamente focadas e determinadas.

Metas: são os degraus para se chegar ao objetivo, trata-se da especificação de como e quando você alcançará o alvo. As metas devem ser medidas e auditadas, pois caso você não faça tal avaliação, não saberá se estará no caminho correto rumo ao objetivo.

Depois de definido seu objetivo, devemos criar ações auditáveis (Metas), por exemplo:

Exemplo: Você tem como objetivo a aprovação no cargo de Assistente Técnico do Tribunal de Justica do Amazonas com as disciplinas Português, Informática, Raciocínio Lógico, Constitucional, Administrativo, Civil e Legislação Institucional do TJ/AM.

Meta para 2 Semanas de Estudos + Verificação Final

Sua meta deverá ser fechar tópico por tópico de cada disciplina e sempre fazer a verificação do que foi estudado. Esta regra (Estudo + Avaliação) não pode ser violada, sob pena de estar comentendo o erro que todos cometem, gerando o resultado que a maioria alcança, ou seja, muito longe do número de vagas.

Tenha como parâmetro para saber se você está no caminho certo o índice de 70% em simulado que você deve elaborar com todos os assuntos e disciplinas estudados nestas duas semanas.

Seu ponta pé inicial para a primeira e segunda semanas conforme nosso exemplo serão os seguintes assuntos:

  1. Português: Interpretação de textos
  2. Informática: Hardware
  3. Raciocínio Lógico: Associações Lógicas
  4. Penal: Princípios do Direito Penal
  5. Processo Penal: Princípioa do Processo Penal
  6. Administrativo: Princípios do Direito Administrativo
  7. Constitucional: Princípios Fundamentais
  8. Legislação Especial: Lei de Crimes Hediondos

Ao final da segunda semana, preferencialmente no domingo, fechando os conteúdos acima através de resumos e resolução de questões, resolva um simulado com 80 questões e avalie a sua porcentagem de acertos por disciplina. Por exemplo, se em Português você acertou 7 questões das 10 questões selecionadas, então você atingiu os 70% estipulados, portanto, nesta disciplina você está apto a prosseguir nos demais assuntos para a próxima semana.

Agora em Direito Administrativo você acertou apenas 3 questões do total de 10 questões, ou seja, desempenho péssimo de 30%, neste caso você deve retornar aos estudos dos assuntos desta disciplina e não avançar enquanto não atingir o índice de 70%.

E assim será a sua vida de concurseiro:

  1. Estude
  1. Avalie
  1. Avançe ou Retorne

No meu caso, durante a minha preparação para o cargo de Analista do Tribunal de Justiça, estipulei como meta 70% para cada um das dezenas de simulados que resolvia. Já perto da prova, atingia facilmente este índice, sendo que na prova alcancei 89% de acertos, resultado: Aprovação nas primeiras colocações.

A regra é muito simples, estude o conteúdo, sempre se preparando para o simulado, posteriormente, selecione e resolva 10 questões e analise se atingiu o índice estipulado.

Indico um site perfeito para elaboração de simulados de forma automática: http://www.tecconcursos.com.br

Nele você coloca como filtro a disciplina, o assunto, a área de atuação e seleciona o número de questões, pronto, a plataforma selecionará um simulado para você.

Basta concluir os assuntos com a metodologia acima de forma constante que eu garanto que você alcançará a tão sonhada aprovação.

Desafio

Vamos testar esta metodologia nestas duas próximas semanas? Depois comente nesta postagem como foi seu rendimento e o que você achou desta técnica.

Perguntas

Qualquer dúvida comente nesta postagem que terei o maior prazer em ajudar.

Leitores mais engajados estarão sendo observados e selecionados para um grupo seleto de concurseiros que serão convidados para um grande projeto.

Sobre o Autor

Fábio Silva

  • Delegado de Polícia Civil
  • Ex-Servidor TRT e TJ/AM
  • Coach Professional pela Sociedade Latinoamericana de Coaching
  • Palestrante de Como Estudar para Concursos Públicos
  • Professor de Direito Constitucional e Administrativo
  • Autor dos livros da série Seja Foda em Direito Constitucional
  • CEO do Sou Concurseiro e Vou Passar – Maior curso preparatório da Região Norte.

66 comentários

  1. Eu sou dividida em duas areas: Ambiental e saúde. Ainda não decidi minha vida. Fiz concurso da Adaf fui classificada, farei o do Idam e espero o da Susam. Ai meu pai,é
    Difícil decidir professor!
    Mas Obrigada pelas dicas. Vou tentar focar em algo… Agora só colocar em prática e focar!

Deixe uma resposta