Justiça ordena que governo mantenha concurso da Polícia Civil de Roraima

A Justiça de Roraima concedeu nesta segunda-feira (4) uma decisão que determina o governo de Roraima a manter o concurso da Polícia Civil em andamento. No último sábado (2), o estado anunciou o cancelamento de todos os concursos públicos incluindo o da Polícia Civil que teve mais de 30 mil inscritos.

Ainda nesta segunda-feira, o Ministério Público de Roraima (MP-RR) pediu a manutenção do concurso para Polícia Civil de Roraima, com provas previstas para fevereiro. O pedido foi assinado pelo promotor Valmir Costa da Silva Filho da Promotoria de Justiça de Execução Penal, de Controle Externo da Atividade Policial e Crimes Militares onde foi incluído em uma ação que já tramita na 2ª Vara da Fazenda Pública e obrigou o estado a lançar o edital.

A decisão é assinada pelo juiz Luiz Aberto de Moraes Júnior sendo concedida após pedido do Ministério Público de Roraima.

De acordo com o processo, o Juiz Luiz Aberto, determina que seja mantido e realizado o concurso público para provimento de vagas na carreira policial civil, com a efetiva realização das provas.

“Em razão da manifestação do Ministério Público Estadual acerca do cancelamento do Concurso Público da Polícia Civil do Estado de Roraima, descumprindo o acordo firmado entre as parte nos autos do Inquérito Civil Público nº 003/2017 e contrariando a manifestação do próprio executado no EP nº 15, determina a manutenção do certame, na forma contratada com a empresa Vunesp, ou seja, para que se realize o concurso público para provimento de vagas na carreira policial civil, com a efetiva realização das provas objetivas e subjetivas, conforme o edital nº 1 – PCRR/SEGAD, de 17 de agosto de 2018.”

Deixe uma resposta