PF pretende chamar mais de mil policiais aprovados e abrir novo concurso

O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Edvandir Paiva, declarou na última sexta-feira, 15, que a PF trabalha junto ao Ministério da Justiça para aprovar orçamento e chamar mil novos policias.

Além disso, o presidente afirmou que a Associação luta para que seja realizado um novo concurso o mais breve possível com o objetivo de preencher as 3.500 vagas abertas na PF.

De acordo com Paiva, os mil PF´s seriam convocados em duas turmas. Uma em junho deste ano e outra no primeiro semestre de 2020.

“Estamos cada vez mais próximos de convocar mil novos policiais para engrossar as fileiras da nossa instituição. […] Isso significaria o preenchimento de mil, das 4.500 vagas que estão abertas. Paralelamente continuaremos lutando pela realização – no mais breve espaço de tempo possível – de um novo concurso para preenchimento das vagas restantes”, declarou Edvandir Paiva, presidente da ADPF.

Concurso PF: Divulga resultado da avaliação médica

O concurso PF já está nas últimas etapas. Na última terça-feira, dia 12, foi divulgado o resultado provisório da avaliação médica. O prazo para recursos estará aberto entre 9h do 22 de fevereiro e 18h do dia 23 do mesmo mês.

O resultado final do concurso será divulgado em 8 de março, junto com a convocação para as perícias médicas dos candidatos que se autodeclaram deficientes. Essas serão realizadas no dia 16 e no dia 17 será feita a avaliação psicológica de todos os cargos.

Os classificados serão convocados para as duas últimas etapas: avaliação de títulos (classificatória) e o curso de formação. O concurso PF oferece um total de 500 vagas:

  • Agente – 180 vagas e R$ 12.441,26
  • Delegado – 150 vagas e R$ 23.130,48
  • Escrivão – 80 vagas e R$ 12.441,26
  • Perito – 60 vagas e R$ 23.130,48
  • Papiloscopista – 30 vagas e R$ 12.441,26

A seleção reuniu mais de 147 mil inscritos, sendo a maior procura para carreira de agente. No entanto, quase 35 mil não compareceram ao exame objetivo e foram eliminados. Os concorrentes são avaliados por meio de diversas etapas. Os selecionados vão ser contratados pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade.

Deixe uma resposta