fbpx
Skip to content

Novo presidente do Sindifisco anuncia realização de concurso para Sefaz-AM

O sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais do Amazonas (Sindifisco-AM) agora possui uma nova diretoria, que tomou posse na última terça-feira (11). Durante a cerimônia, Eliezer Aquino, o novo presidente do sindicato falou sobre a possibilidade de um novo concurso da Secretaria de Fazenda do Amazonas(SEFAZ-AM), em razão do déficit no quadro atual.

O auditor fiscal destacou que, além da necessidade da Lei Orgânica do Fisco, existe a urgência de realizar um novo concurso público para auditor fiscal de tributos estadual, para poder preencher, aproximadamente, 400 cargos que estão vagos no quadro permanente da Sefaz-AM.

“Um grande desafio nosso, enquanto sindicato é reivindicar concurso público. Entendemos que, por enquanto, a questão encontra entraves legais na atuação do próprio Estado, que deve cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal e respeitar a programação para realização em razão do próprio governo ter restrições com relação a folha de pagamento e custos. Mas enquanto sindicato, estamos trabalhando para cumprir essa meta pelo prazo de três anos, pois sabemos que o cenário dessa exigência legal pode mudar”, afirmou Batista.

A secretária adjunta da Sefaz-AM, Alana Barbosa Valério Tomaz, que estava presente na  cerimônia, concordou com a necessidade de preenchimento das vagas por concurso público e acenou com positividade.

“A expectativa é que nós façamos sim o concurso público, mas a gente está trabalhando em primeiro lugar a adequação do estado aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal para poder chamar aprovados. A expectativa é de que a preparação do concurso seja feita ainda este ano para que no ano que vem, quando os trâmites forem ajustados, a gente consiga chamar os aprovados”.

Veja também: CONCURSO SESPA ESTÁ PREVISTOS PARA 2020 E JÁ TEM BANCA DEFINIDA!

Último concurso Sefaz-Am

O último processo seletivo realizado pela Sefaz-AM foi em 2005. Foram ofertadas 390 vagas para os cargos de: 

  • analista de tecnologia da informação da fazenda estadual; 
  • analista do tesouro estadual;
  • auditor fiscal de tributos estaduais;
  • técnico da fazenda estadual;
  • técnico de arrecadação de tributos estaduais;
  • assistente administrativo da fazenda estadual. 

A prova

A prova foi composta por 100 questões, distribuídas entre as disciplinas de Língua Portuguesa, Língua inglesa, Conhecimentos de informática, Contabilidade, Direito Tributário, Legislação Tributária Estadual, Direito Administrativo e Direito Constitucional.

A banca organizadora foi a UFRJ. 

O que você achou desse artigo? O concurso da Sefaz-AM deve ter edital lançado ainda este ano. Adiante-se e comece já a se preparar para a prova!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: