FVS faz recomendações para se prevenir do coronavírus

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) emitiu uma nota com orientações de como prevenir o coronavírus no ambiente de trabalho. O documento tem a intenção de orientar gestores, profissionais, clientes e colaboradores de empresas para evitar a propagação da doença, que tem 3 caso confirmado no Amazonas até o momento.

Leia também: – Manaus entra em estado de alerta e aulas são suspensas temporariamente

Então você quer saber como se prevenir do coronavírus?

Conforme a nota da FVS, foi recomenda medidas necessárias ao enfrentamento da pandemia, após a doença atingir mais de 113 países. Uma das indicações é higienizar com hipoclorito de sódio a 1% ou álcool a 70% regularmente pisos, corrimãos, mesas, cadeiras, telefones, maçanetas e teclados.

A contaminação em superfícies é uma das principais maneiras pelas quais o novo coronavírus se espalha.

Trabalhadores, clientes e colaboradores também devem ser incentivados a lavar as mãos com água e sabão frequentemente. Álcool gel ou higienizadores de mão devem estar em locais de destaque e acessíveis, além de sempre recarregados. 

É indicado também, para segurança e higiene respiratória no local de trabalho, a disponibilização de máscaras faciais e lenços de papéis para quem apresentar sintomas de gripes e resfriados com corizas e tosse durante o expediente.

Campanha educativa –  técnica indica que pôsteres e informes orientando a lavagem adequada das mãos com água e sabão ou álcool 70% sejam utilizados, além da identificação dos locais para a lavagem das mãos.

Outra medida de orientação é a etiqueta respiratória ao tossir ou espirrar, usando sempre a curva interna do cotovelo para evitar a propagação da doença.

A nota indica a necessidade de materiais educativos disponibilizados no site da Fundação, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), do Ministério da Saúde e da OMS devem ser reproduzidos para divulgar as medidas de prevenção ao Covid-19.

Confira as propostas de prevenção da FVS para:

Afastamento – A partir da confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Amazonas, a recomendação é que qualquer pessoa com tosse ou febre a partir de 37,5 °C permaneça afastada das atividades por no mínimo sete dias, devendo ser avaliada pelos serviços de saúde.

Viagens – A Fundação recomenda, também, que viagens para o exterior sejam evitadas, assim como a recepção de trabalhadores estrangeiros que venham de países com circulação da doença.

Funcionários idosos ou com diabetes, doenças cardíacas ou pulmonares, entre outras, também devem evitar viagens para áreas com registro de Covid-19.

Caso a viagem seja necessária, as empresas devem incentivar que os funcionários lavem as mãos com regularidade, usem álcool em gel para higienização e se mantenham distantes por pelo menos dois metros de pessoas que tussam ou espirrem.

Entretanto, se a viagem for realizada para um país com transmissão da doença, o funcionário deve permanecer de máscara cirúrgica sempre que entrar em contato com outras pessoas.

No retorno de viagens, é recomendado que os hábitos de higiene sejam reforçados.

No período de 14 dias após o retorno, que é o período de incubação do vírus, é preciso estar atento ao início de sintomas como febre, tosse, dor de garganta, coriza, congestão nasal e dificuldade para respirar ou engolir.

Dessa forma poderemos combater, juntos, essa doença, assim, protegendo nossas famílias e toda a população.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.