Tag: PC-DF

Concurso PC-DF: Governador anuncia edital de concurso com 1,8 mil vagas

O edital do concurso Polícia Civil-DF para 1.800 vagas, sendo 1.500 de agentes e 300 para escrivães será divulgado em abril.

O anúncio da abertura do concurso foi realizado pelo próprio governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha, nesta terça-feira, 19, durante o evento que marcou o anúncio da proposta de paridade salarial da Polícia Civil do Distrito Federal com a Polícia Federal.

Ibaneis Rocha confirma que o edital será lançado nos próximos meses, e tem como objetivo em aumentar o quadro da Polícia Civil e reforçar a segurança pública do Distrito Federal.

A medida pretende recompor os quadros da polícia a médio e longo prazos.

O concurso ainda não foi autorizado. Atualmente, o processo está na Secretaria de Estado de Fazendo, Planejamento, Orçamento e Gestão do GDF.

No entanto, com o anúncio do governador tudo indica que o aval deverá sair nas próximas semanas. Isso porque a corporação ainda precisa contratar a banca organizadora e ter tempo hábil para elaborar o edital do concurso.

PC-DF tem um déficit maior do que vagas previstas

Mesmo com um número de vagas significativo (1.800), o próximo concurso da Polícia Civil-DF não será capaz de suprir todo o déficit da corporação, que atualmente são 3.568 cargos vagos, de acordo com informações obtidas no portal de transparência.

O cargo mais deficitário é o de agente, onde estão previstos 5.649 cargos na legislação, mas somente 2.693 estão ocupados. Já para o escrivão, estão ocupadas apenas 388 do que está previsto em lei, somando uma carência de 612 profissionais.

O requisito para concorrer a qualquer um dos dois cargos é que o candidato tenha concluído curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

As remunerações são proporcionais para os dois cargos:

Escrivão de Polícia e Agente por classe

  • Especial: R$ 13.751,51
  • Primeira Classe: R$ 10.961,45
  • Segunda Classe: R$ 9.129,01
  • Terceira Classe: R$ 8.698,78

Concurso PCDF: Novo concurso público prevê 1.800 vagas para agente e escrivão de polícia

A Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF) informa que está preparando um novo concurso público com 1.800 vagas para os cargos de Agente de Polícia com 1.500 vagas e Escrivão de Polícia com 300 vagas. De acordo com a corporação, o edital será lançado ainda este ano.

Segundo a PC-DF, um novo certame busca diminuir o déficit de efetivo. De acordo com o Portal de Transparência do DF, há atualmente 4.368 cargos vagos na Polícia Civil. Os cargos vagos são de agente de custódia (356), agente de polícia (2.977), escrivão de polícia (615), papiloscopista (113), perito médico legista (80) e perito criminal (227).

Para a carreira de Agende de Polícia, conforme a Lei nº 12.803 foram aprovadas 5.649, dessas, 2.977 estão vagas. Já para o cargo de Escrivão está previsto a aprovação de 1.000, sendo 615 desocupadas.

Até o momento, apenas o concurso para carreira de escrivão foi autorizado. Os trâmites para esta função já estão em andamento. Em outubro, a Polícia Civil-DF iniciou a escolha da banca organizadora.

O requisito para concorrer a qualquer um dos dois cargos é que o candidato tenha concluído curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. O salário inicial é de R$ 8.698,78.

Confira os valores por classe para as carreiras de agente e escrivão da PC-DF:

  • Especial: R$ 13.751,51
  • Primeira Classe: R$ 10.961,45
  • Segunda Classe: R$ 9.129,01
  • Terceira Classe: R$ 8.698,78

Decisão judicial autoriza concurso para agentes PC-DF

No último dia 29, a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público (Prodep) obteve uma decisão liminar que suspende a nomeação de candidatos excedentes da última seleção para agentes, realizada em 2013.

A determinação suspende a ação do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TC-DF), que permitia a convocação dos candidatos remanescentes para um novo curso de formação. Tal determinação impedia a abertura de uma nova seleção para a Polícia Civil, tendo que nomear os candidatos excedentes de 2013. No entanto, na ação, a Prodep pediu que os candidatos com colocações a partir de 901º, descontadas desistências e empates fossem considerados eliminados do concurso.

O edital do concurso de 2013 ofereceu 300 vagas para o cargo de Agente da Polícia Civil-DF, além da criação de cadastro de reserva com 600 aprovados. A partir da posição 901º, os candidatos estariam eliminados da seleção independente das notas obtidas.